14/12/2016

Rogue One | As informações mais relevantes sobre o filme

| |



"Rogue One: Uma história Star Wars" está chegando, estreia dia 15 de Dezembro, então decidi reunir as informações mais importantes para que você possa ficar por dentro de tudo desse universo. Quem mais está ansiosa (o)? A pinguim não se aguenta de tanta ansiedade!

Antes de começarmos a falar dos personagens, precisamos saber algumas coisinhas, como, por exemplo, a história vai se passar entre o "Episódio III: A vingança dos Sith" e "Episódio IV: Uma nova esperança", uma vez que vai abordar o roubo dos planos da Estrela da Morte. Outra coisa é que segundo o site Making Star Wars o filme terá 133min. (2h13min.), o que é a duração média dos outros filmes da saga. Vale lembrar que "Rogue One" é um spin-off, ou seja, é derivado da saga principal. A direção é de Gareth Edwards (Godzilla).


E, claro, a sinopse não pode faltar:








Trailers:





Acredito ser interessante dar uma conferida nos trailers, então encontrei um único vídeo que reúne os vários trailers liberados, a única ressalva é que o vídeo não possui legenda.

Com esse copilado é possível dar uma boa conferida no que o longa vai abordar, de que maneira pretende ser feito, a partir de qual premissa, como estão as filmagens, os figurinos. Enfim, podemos observar inúmeras coisas. Se assistir todos os trailers separados já é incrível, assistir em sequência é de arrepiar!

Apesar de manterem em segredo muita coisa a respeito do Darth Vader no longa e sua aparição ser rápida nos trailers, podemos acreditar que no filme ele irá aparecer mais, uma vez que com o roubo dos planos da Estrela da Morte o Império não deixaria isso impune, logo Darth Vader tentaria impedir que a tentativa de fato tivesse sucesso como os caçaria a fim de recuperar os planos, o vilão sempre foi frio, então podemos esperar que ele entre em ação com a sua frieza e crueldade para cumprir esse propósito. Vale lembrar que já conhecemos como Vader age com seus subordinados e o tanto que ele pode ser impaciente quando as coisas não vão como ele espera. 

Os trailers nos mostram que o ambiente será de guerra até porque a história se passa durante a Guerra Intergalática, vemos disputas, combates, disparos em vários momentos, o que me leva a crer que terá ainda mais ação do que tivemos na saga e um cenário mais de guerra mesmo com destruição.

Outra coisa que um dos trailers trouxe a tona é de onde vem o nome Rogue One, em um momento Bodhi Hook é questionado quanto a um codinome, olhando para Jyn, ele diz: Rogue One (4:10).

Sobre os personagens: 


Jyn Erso (Felicity Jones)




Afiliação: Aliança Rebelde - Parte da equipe Rogue One 

É uma jovem das ruas, que cresceu por conta própria, desde seus quinze anos, por conta disso desenvolveu uma personalidade imprudente e rebelde. "Ela é detida pela Aliança e deram a ela a oportunidade de ser útil para reduzir sua sentença. Ela é uma sobrevivente, uma figura como Joana d’Arc” disse Kathleen Kennedy (Presidente). Jyn possui grandes habilidades de luta e conhecimentos sobre a Galáxia, podendo então ser de valia à Aliança . É filha de Galen Erso (ver a seguir) e protagonista do filme.

Sobre a origem de Rey (Star Wars VII: O despertar da Força) não ter sido revelada ainda deu-se margem a especulações e a que mais tomou proporção é a de que Jyn poderia ser sua mãe, no entanto, em entrevista a Vulture, Dais Ridley disse: "Eu acho que, historicamente, não iria funcionar, porque Darth Vader está no filme e Jyn, no final das contas, poderia ser sua bisavó; ou melhor, avó. Mas, quero dizer, isso poderia acontecer, especialmente numa galáxia muito, muito distante” e também afirmou que seus pais serão revelados só no episódio VIII (já podemos ter essa certeza).

 Em entrevista a Entertainment Weekly, Felicity Jones falou um pouco da sua personagem: "Ela é uma pessoa excluída da sociedade. Fisicamente, ela é menor do que todos ao seu redor, mas quando você tem algo em que acredita, este é o seu poder". E nessa entrevista o que a pinguim mais gostou e achou interessante é que ela comenta que não será a única inspiração feminina em Rogue One: "Eu diria que há um enorme respeito pelas mulheres dentro da Rebelião, temos Mon Mothma, que é alguém que Jyn vê como heroína. Quanto o filme começa Jyn encontra esse grande um modelo de mulher a sua frente, a quem ela admira muito."

E também comenta sobre representatividade feminina: "Como estamos vendo na política, é um mundo em que mulheres estão se tornando líderes de nações e os filmes devem representar isso." Em outras palavras, representatividade importa e filmes através de sua influência podem e devem fazer isso, espero muito que a Jyn seja uma personagem badass (o que já temos indícios que será) e que possamos ver uma girl power - por favor, LucasFilm, nunca te pedi nada. 

Galen Erso (Mads Mikkelsen)





Afiliação: Ao que tudo indica, Império

Pai da protagonista, é um cientista cujo seu conhecimento o leva a ser procurado tanto pelo Império quanto pela Aliança Rebelde. Não há muitas revelações sobre o personagem, mas o ator nos deixou algumas informações, como, por exemplo, que o seu personagem é o homem mais culpado do universo, segundo ele: "Ele não está em uma posição bacana. Eu não diria que ele abandonou a família, ele não teve escolha. Ele é o homem mais culpado do universo, sente muito remorso pelo que fez. Se houvesse uma forma de fugir, ele teria fugido".

Essa fala deixa indícios de que Galen possa ter sido coagido pelo Império para ser o criador da Estrela da Morte e torna compreensível o remorso, a culpa que ele sente, uma vez que criar uma arma tão poderosa para o Império - que a utiliza para propósitos cruéis - não deve ser algo fácil de se digerir, lidar e carregar o peso que isso pode representar, além de que também podemos atribuir essa culpa ao afastamento que o mesmo teve de sua família, filha. Afinal, é algo que provavelmente será abordado no longa, pois ainda não tivemos uma explicação de como ou porque isso acontece.

Capitão Cassian Andor (Diego Luna)


Afiliação: Aliança Rebelde - Parte da equipe Rogue One

É um oficial de Inteligência bastante leal da Aliança, que geralmente segue todas as regras. Quando a Jyn é designada à missão de descobrir o que é e como destruir a Estrela da Morte, o Capitão é designado para ficar de olho em Jyn, por conta de sua imprudência e sua natureza volátil. O chefe de história da LucasFilm disse a respeito do Capitão: "Ele passa muito da realidade do que é fazer o que a Aliança faz todos os dias, que é tentar descobrir como sobreviver em um mundo dominado pelo Império."

O ator disse, em entrevista a Vanity Fair do México, que procurou fazer seu personagem de forma mais realista e também falou um pouco a respeito de como é Rogue One em comparação aos outros filmes da franquia: "Eu quis fazer meu personagem de forma mais natural e realista. Apesar das pessoas esperarem que o tom do filme seja de fantasia, é realmente meio que o contrário. É uma história intimista que parece ser real. Pensando em todos os longas de Star Wars lançados até agora, Rogue One é o mais real, é sobre as pessoas. Os personagens se parecem com a gente, são heróis sem poderes. O que eles têm é uma convicção e um desejo de mudar a realidade."

 Essa declaração reforça algo que abordarei mais pra frente no post, Rogue One terá uma pegada um pouco diferente dos demais filmes, então continuem lendo para chegar no ponto em que isso será abordado, fica a incitação a curiosidade (a pinguim é malvada!).

Bodhi Rook (Riz Ahmed)


Afiliação: Aliança Rebelde - Parte da equipe Rogue One  

É o piloto do grupo, um pouco cabeça-quente, segundo a presidente da LucasFilm (Kathleen Kennedy) Bodhi é um tanto tenso e volátil, mais um para o grupo, uma vez que a Jyn é descrita também como alguém volátil. Riz Ahmed, o ator, descreveu seu personagem como uma pessoa não familiarizada com a vida de soldado, ele trabalhava para o Império, mas como vemos no trailer, ele estava ajudando os rebeldes e fazendo parte da missão, então fica aí a dúvida de como isso aconteceu, aguardemos o filme para saber.

Bodhi carrega a insígnea do Império mesmo que esteje trabalhando com os Rebeldes e quando questionado a respeito disso, ele disse: "Penso que é para te recordar de onde você vem, para saber onde estão as tuas dívidas, entende? Para mim, pessoalmente, a cada dia, ao olhar para aquilo, lembra-me do que fiz." É algo que traz alguma profundidade ao personagem, vocês não acham? Particularmente, achei interessante essa resposta.

Diretor Orson Krennic (Ben Mendelsohn)




Afiliação: Império

Aliado do Império, o vilão é um ambicioso que quer pulverizar os Rebeldes para agradar o Imperador Palpatine e Darth Vader, que é seu chefe direto. Ele é responsável por proteger a segurança do projeto da Estrela da Morte e está dentro da divisão avançada de pesquisa das armas do Império, resumindo tem um cargo importantíssimo.

Podemos esperar um clima meio tenso entre o Diretor Orson e Darth Vader, ao contrário do que se pensava ambos terão uma certa rivalidade, conforme a produtora Kiri Hart disse em entrevista a Entertainment Weekly o porquê de haver certo conflito entre ambos: "Aqui está a coisa sobre Krennic: a sua perspectiva obviamente é a de uma pessoa que não entende a Força e Darth Vader tem a perspectiva de entender a Força. “Então, acho que essa é a principal coisa que separa Darth Vader dos outros personagens com relação a uma super arma como esta. Existem militares que estão interessados em uma arma militar efetiva, e Darth Vader já está um pouco além disso. Ele está em um outro nível, em algo mais espiritual. Então essa é parte da diversão do Vader em um contexto militar do Império. Ele tem uma perspectiva mais ampla."

E, não para por aí, o próprio ator Ben Mendelsohn declarou que "É justo dizer que eles não são amigáveis. Vader é mais sobre a Força, enquanto Krennic é força. Ele não é muito chegado nessa coisa mística. O Krennic não faz parte dessa ‘aristocracia’ do Império, ele é realmente um homem que fez o seu próprio caminho com suas próprias habilidades." Vemos então, o quanto as diferenças de interesses, de forma de enxergar as coisas e até modo de ser/pensar serão pontos decisivos para gerar esse atrito entre ambos personagens, mesmo que eles estejam do mesmo lado.

Darth Vader




Afiliação: Império  

A respeito do vilão mais iconico da franquia, não liberaram tanta informação e esse mistério em torno do personagem é, de certa forma, até bom, principalmente porque Darth Vader é bem conhecido e até mesmo "querido" por nós fãs, pois descobrir mais sobre ele apenas durante o longa pode ser experiência única. James Earl Jones, o dublador original do vilão foi confirmado em Rogue One, o que nos dá indícios de que Vader irá ter papel importante, inclusive porque no contexto da trama isso faria sentido, e esperamos que ele tenha bastante tempo em cena também - para matarmos a saudade e sentir a famosa nostalgia.

CUIDADO ISSO PODE SER CONSIDERADO SPOILER:

O site Making Star Wars (você pode ler a matéria, mas siga por sua conta e risco, pois o conteúdo pode ser considerado spoiler) diz que Darth Vader será mais cruel/brutal em combate isso com base em alguns esboços de continuidade do longa, mas vale lembrar que isso não foi confirmado pela produção, então o que nos resta é aguardar o filme para termos certeza.

Aviso: pode ler tranquila (o), o restante!

Saw Gerrera  (Forrest Whitaker)




Afiliação: Aliança Rebelde - Parte da equipe Rogue One 

É um personagem da série The Clone Wars, que usa táticas consideradas extremistas para combater o Império, na série ele é um soldado de Olderon que comandou um grupo de guerrilha. Pagou um alto preço pela sua resistência e desde então tem sido mais amargo. Em Rogue One, Saw lidera um grupo extremista no planeta Jedha. Ele perdeu muitas coisas em seus anos de combate, mas flashes ocasionais do homem dedicado que ele um dia foi aparecem apesar de seu exterior durão. Seus problemas de saúde não diminuíram sua vontade de lutar (A informação é do card oficial do personagem postado no twitter de Star Wars).

Podemos ter uma noção da relação dele com a Aliança e os rebeldes através da declaração da presidente Kathleen Kennedy: "Considere ele como o soldado rebelde com o qual mesmo a Aliança se preocupa. Nem os rebeldes em si sabem se podem confiar nele."

Algo bastante relevante é que o Showrunner de Clone Wars confirmou que tanto a série de animação quanto Rogue One terão suas histórias conectadas - uma vez que Saw é um personagem que tem parte da sua história contada na animação - mas, ressaltou também que cada uma tem seu próprio modo de retratar suas histórias e que isso será mantido, como podemos ver em sua declaração: "Queríamos que cada coisa fosse única do seu próprio modo, e tivesse sua própria importância. A parte difícil é que não quero antecipar a divulgação de algo que estará em Rogue One. Quero que seja algo especial quando passar na tela. Ao mesmo tempo, o pessoal do filme não quer imitar nada do que estamos fazendo. Então, tentamos colaborar para que as coisas se encaixem. Eu gosto desse retorno à Clone Wars, obviamente por razões pessoais."
 
Mon Mothma (Genevieve O'Reilly)




Afiliação: Aliança Rebelde

 É uma ex-senadora e líder da Aliança Rebelde, teve aparição no Episódio IV: O Retorno de Jedi (1983) e, segundo a presidente da LucasFilm, terá em Rogue One uma importante participação, uma vez que estará envolvida no planejamento ao ataque a Estrela da Morte e também será responsável por designar Jyn Erso e Capitão Cassian à missão.

E, a respeito da personagem, a presidente também afirmou que: "Veremos mais dela, na verdade. A Aliança Rebelde está em desordem, em pânico e contra ela mesma. E ela está tentando fazer o melhor possível para ser uma liderança no meio de tantos soldados rebeldes que têm opiniões bem diferentes sobre o que fazer." Mostrando assim, o quanto sua liderança será algo determinante para a Aliança e o tanto de conflito que ela vai encontrar nisso.

Chirrut Imwe (Donnie Yen)




Afiliação: Aliança Rebelde - Parte da equipe Rogue One

É o homem de fé do grupo, acredita na filosofia Jedi e na Força, mesmo estes não estando mais presentes, por motivos que você saberá mais em "Sobre os Jedi" (mais abaixo nesse mesmo post!). Possui excelentes habilidades que com muito treinamento o tornaram um guerreiro incrível. Sua crença na Força e sua espiritualidade o permitiram vencer as barreiras provinientes da sua deficiência visual.

Baze Malbus (Jiang Wen) 



Afiliação: Aliança Rebelde - Parte da equipe Rogue One

É o melhor amigo de Chirrut e ao contrário de seu amigo não acredita na Força e tampouco nos Jedi, mas é devotado a proteger e apoiar seu amig. Era um assassino autonômo e como que ele passou a apoiar e fazer parte da missão da Aliança, cabe ao filme nos dizer.

Pode vir a aparecer:


Moff Tarkin  




Afiliação: Império 

Há a possibilidade de Moff Tarkin estar presente em Rogue One, segundo a informação do Daily Mail a produção do longa teria solicitado que a equipe de efeitos especiais vasculhasse fotos, cenas e demais materiais a fim de reproduzir o rosto, as expressões e trejeitos do ator - Peter Cushing que morreu em 1994 - para através da computação gráfica trazer o personagem à trama. Se isso, de fato, for verdade vai ser muito importante para a história, pois foi Tarkin que idealizou e comandou a construção da Estrela da Morte.

Não se sabe ao certo ainda se sua aparição será rápida ou fortemente presente, uma vez que o interprete já é falecido e, portanto, é necessário usar recursos gráficos e digitaism, o que pode dar certo trabalho, além de que é preciso investimento financeiro para fazer uso de tais tecnologias. Isso por um lado mostra a importância digital nesta época em que vivemos, uma vez que um personagem pode estar na história novamente devido as tecnologias existente e nisso o filme já pode se destacar. Vale lembrar que não é a primeira vez que Cushing é recriado no universo de Star Wars, no episódio III, o ator Wayne Pygram com tecnicas avançadas de maquiagem conseguiu representar o personagem.

Leia Organa



Não está confimado nada a respeito do aparecimento de Leia em Rogue One, mas a pinguim acha que pode ser possível a aparição dela, já que quando inicia o Episódio IV, ela é a detentora dos planos da Estrela da Morte e não é explicado como - fica a dúvida de como, onde, quando e porque os planos passaram da Jyn para a princesa Leia - então seria um espaço em branco que Rogue One poderia preencher. Sem contar, que ligaria as histórias e estaria bem situado na linha de tempo dos eventos ocorridos nos episódios III e IV.

 Novos droids e stormtroopers


K-2S0 (Alan Tudyk)




É um droid de segurança - que por captura de movimentos será interpretado pelo Alan Tudyk) e pode ser chamado também de Kaytoo. Era do Império, mas quando foi reprogramado pelo Capitão Cassian Andor tornou-se grande amigo dele, inclusive, faria tudo pelo Capitão.

Em conversa a Entertainment Weekly, o ator revelou alguns detalhes sobre o droid, como, por exemplo, K2S0 não possui filtros, ou seja, fala o que der na telha - não possui papas na língua - e isso traz uma dinâmica para o longa; outra coisa dita por Alan é que o droid sabe lutar e quando vai pra combate é para vencer. Segundo Gareth Edwarts, Kaytoo é forte, confiante e nem um pouco neurótico. Assim como a Jyn, ele também estaria em busca de redenção pelos seus erros do passado, poderia isso aproximar ambos?

Já podemos ter uma ideia de que apesar do clima meio tenso de guerra, "Rogue One" trará alívios cômicos e droids carismáticos - como de costume - para aliviar essa tensão, inclusive Gareth contou que devido a captura de movimentos, Alan usava a roupa menos legal do set, uma vez que o figurino dos demais personagens (que você poderá conferir em "Trajes e figurinos" nesse mesmo post) eram mais incríveis, no entanto, o personagem se destacaria por outro motivo: "Eu dizia para ele ‘Alan, não se preocupe. Você vai roubar todas as cenas’. Eu estava certo. Uma vez que colocamos o robô no filme, ficou claro que ele tinha feito um trabalho fantástico. Ele traz muito humor ao filme." Mal podemos esperar para conferir esses droids em ação e ganhando nossos corações.


Death Trooper



São os soldados de Elite da Inteligência Imperial, eles usam uma armadura de Stormtrooper, mas ao invés de branca, a armadura é totalmente escura. Estão sobre o comando do Diretor Orson Krennic - tipo guarda costas, sabem? -, então se virem um Death Trooper saibam que Krennic vem logo em seguida! Eles estão aí para mostrar a realização e quais são os planos secretos do Diretor, para proteger a Estrela da Morte, e, é claro, para meter o terrorzinho nos rebeldes e em nós.

Shoretrooper



São também conhecidos como Scarif Stormtrooper, isso porque se encontram no complexo de segurança - ou quartel-general do exercito Imperial, como quiserem chamar - do Planeta Scarif, obiviamente fazem parte da Tropa Imperial e seu objetivo principal é proteger a instalação e regiões litorâneas do Planeta, realizando, portanto, patrulhas. Como vimos nos trailers haverá batalha em alguma praia, logo, podemos esperar que os Shoretrooper estarão lá, assim como os rebeldes, em ação. Provavelmente, os rebeldes devem ter começado o ataque nas instalações imperiais do planeta.


Sobre a abertura:


Uma fonte do site Star Wars News Net confirmou que a abertura de Rogue One será bem diferente das dos filmes clássicos da franquia e que o mesmo não terá aquele letreiro característico de Star Wars. A presidente da LucasFilm (Kathleen Kennedy) disse a ET que ela gostaria que Rogue One passasse uma sensação diferente em relação aos outros filmes. Realmente, podemos perceber isso através do trailer, como dito anteriormente, a fantasia estará presente, mas o clima será mais de Guerra e pessoas normais lidando com esse cenário e opressão do Império.

O diretor (Gareth Edwards) confirmou mesmo que o letreiro não estará presente, conforme entrevista a um site Francês (TF1), ele disse: Não teremos os créditos clássicos. O que teremos é um prólogo no começo da exibição que se passa 15 anos antes dos eventos de Rogue One. Nosso objetivo com essa decisão é diferenciar este novo filme do restante da saga." Uma decisão correta, já que Rogue One é um spin-off, logo não é um filme episódico e também encaixa com o que a presidente almeja para o longa. Podemos esperar que seja tão épico quanto o clássico!

Sobre os Jedi:


Uma coisa é certa, os Jedi não estarão presentes em Rogue One, isso porque como o longa se passa depois dos eventos do Episódio III, onde Anakin passa a ser Darth Vader e junto com o Império, eles massacram os Jedi - sobrando apenas Luke Skywalker e Obi Wan Kenobi (aparecem no episódio IV, onde na linha do tempo, os eventos de Rogue One são antes desse episódio).

O período pelo qual Rogue One está é um momento sombrio, em que os Jedi não retornaram, sendo assim a esperança está enfraquecida, então a Aliança e a equipe responsável por roubar os planos da Estrela da Morte, serão responsáveis por trazer um pouco mais de esperança, segundo John Koll - produtor executivo - em entrevista à Entertainment Weekly"Naquela época, ainda existem pessoas corajosas que estão fazendo atos heroicos, que não têm esses poderes da Força, que ainda lutam e morrem pela causa do bem. Mostrar o que são essas pessoas que são os cidadãos mais comuns da galáxia que veem atos ultrajantes acontecendo e sentem que têm que pegar em armas para lutar para o bem."

É algo importante ver que pessoas não dotadas da Força também agem em prol do bem e isso fecha e encaixa muito bem na cronologia do Cânon. Sendo assim, já traz alguns diferenciais para Rogue One.

 

Trajes e figurinos


Steve Weintraub, que faz parte da equipe do Collider, tirou foto da exposição de alguns trajes. Sendo assim, podemos dar uma conferida mais de perto nos modelos que serão usados em alguns personagens mais importantes do longa. O traje do Darth Vader não se encontra nessa exposição, mas há rumores de que ele além do seu traje habitual, foram feitas várias armaduras para ele, sendo essas específicas para ação.












(Clique para ampliar)

Esses trajes serão usados pela equipe responsável por roubar os planos da Estrela da Morte - Rogue One/Os Rebeldes. Inclusive, podemos conferir esses uniformes já em seus personagens com a imagem a seguir:


(Personagens: da esquerda para a direita, Bodhi Rook, Capitão Cassian Andor; no centro, Jyn Erso; na direita, Baze Malbus e Chirrut Imwe)



 (Clique para ampliar)

O uniforme branco na imagem acima pertence ao Diretor Orson Krennic, responsável pela segurança do projeto da Estrela da Morte, e podemos vê-lo em seu traje na imagem a seguir:






















(Diretor Orson Krennic interpretado por Ben Mendelsohn - Pinguim só queria dizer que como essa roupa é presença né? Bem característico do Império)












(Clique para ampliar)

O primeiro traje é de um piloto mercenário chamado Edrio Two Tubes, que é um é um Tognath de Yar Togna, um planeta alienígena que foi conquistado pelo Império. Seu apelido vem devido ao seu aparato que o permite processar o oxigênio da atmosfera, ele voa com seu companheiro, Benthic, ambos tiveram que fugir de seu planeta por conta do Império e isso faz com que eles queiram seu planeta de volta, então unem-se a Saw Guerrera e a equipe Rogue One para combater o Império. O segundo traje, na segunda imagem, é dos Death Troompers.

Posters e cartazes


Os cartazes acima, como podem ver, foram feito para divulgar o filme em Imax, todos lindíssimos não é mesmo? O preferido da Pinguim é, sem dúvidas, o primeiro aquele que tem o Darth Vader!


A última imagem é a capa da Empire, nela é mostrado os planos da Estrela da Morte, incrível né? A capa foi dedicada a Rogue One e estará disponível aos assinantes em Janeiro de 2017.

Planeta Jedha




É uma pequena lua deserta, que devido ao seu inverno permanente é bastante gelada. Jedha é o lar de uma das primeiras civilizações a explorar a natureza da Força. Sendo assim, é um lugar importante para Ordem Jedi e passa a servir como um lugar sagrado para os peregrinos de toda a Galáxia - que buscam orientação espiritual -, no período em que "Rogue One" se encontra, Jedha é ocupada pelo Império.

Considerando a atmosfera de guerra que o filme irá apresentar, o Planeta poderia ser um dos palcos de combate entre o Império e a Aliança. Em entrevista a Entertainment Weekly, Gareth Edward trouxe algumas informações a respeito do Planeta, uma delas é que, como sabemos, em Rogue One a fé na força começa a se perder, então o pessoal envolvido no desenvolvimento do filme vinha buscando uma forma de representar isso e em Jedha eles encontraram uma forma de personificar essa temática.

Com relação a como o planeta foi ocupado pelo Império, o diretor disse que não poderia revelar - e agradecemos por isso, é melhor "vermos com nossos próprios olhos" - mas, ele disse algo para nos deixar um ar de mistério: Existe em Jedha algo muito importante que serve para ambos os lados e, além disso, acrescentou que tal coisa pode ser relacionado com o mundo real. 

Mini comentário da Pinguim: Fiquei curiosa, viu? Amo coisas da ficção que podem ser relacionada com nossa realidade - vocês já sabem, não é? -, estou me encantando e ficando cada vez mais ansiosa, ao longo desse post, para assistir ao filme. O que dizer desse filme que mal conheço e já considero pakas [prometo que parei].

Enfim, seguindo essa viagem pela galáxia tão tão distante, Jedha vai acolher um grupo que já conhecemos: os rebeldes. Apesar do Império ter domínio sobre o Planeta, há nele uma resistência e os rebeldes vão procurar uma pessoa lá que tem cara de ser o Chirrut Imwe - que considera Jedha sua casa e que já falamos sobre ele acima.

 Curiosidades


O diretor disse em entrevista a USA Today que a presença de Darth Vader deixou o pessoal do elenco em estado de empolgação, em "alerta nerd": "Ben chegou para mim e disse ‘é Darth Vader. Estamos filmando com Darth Vader’. Eu deveria acalmá-lo como diretor, mas disse eu sei. É incrível, né?" A verdade é quem não ficaria animado, não é mesmo? Queria eu estar na pele deles.


O longa passou por refilmagem e podemos considerar isso algo bastante importante, pois 40% das cenas foram refeitas em Julho, vários cenários tiveram que ser reconstruídos e isso tudo para incluir um novo personagem - que não foi revelado qual - e acrescentar um pouco de humor, pois estavam achando o filme sério demais. Todo esse trabalho levou seis semanas e não alterou a data de estreia, não deve ter sido a toa toda essa alteração, portanto, tem a sua importância e deve ter sido para o melhor, esperamos.

Bônus




Como a Pinguim é muito legal e igualmente viciada em Star Wars e seu universo, trouxe algumas coisinhas a mais para vocês - que achei bastante divertido ou interessante -, espero que se divirtam.

Para o filme do  "Han Solo", o Donald Glover foi escalado para interpretar o Lando Calrissian (YAY! Gosto demais do ator, apesar de interpretar muito bem, ele é "multitarefas" - é ator, roteirista, cantor, humorista; dirige, produz, escreve uma série própria e você pode ler mais sobre clicando no nome dele). Deixei essa novidade para vocês entrarem na ansiedade comigo já para esse filme que vai levar um tempinho ainda pra chegar as telonas - sad but true! Pirem comigo, por favor!

E, para descontrair, mas voltando para o clima "Rogue One" temos Kylo Ren reagindo a dois trailers do longa. É bastante engraçado, pena que o vídeo não possui legenda em português, mas vale muito a pena assistir, um dos melhores achados da internet:

Este vídeo se refere ao segundo trailer



(A melhor parte é quando ele vê Darth Vader, assistam!)

E, por último, Kylo reage ao trailer final



Considerações finais


"Rogue One: Uma história Star Wars" vai ser e é um filme muito relevante para a linha temporal da saga, mesmo sendo um spin-off vai acrescentar muito para a franquia original por nos mostrar algumas respostas, pois não sabemos como o plano da Estrela da Morte foi roubado, como ele foi parar com a Princesa Leia, o que aconteceu com esses rebeldes, entre outras coisas e agora teremos a chance de saber.

Um conselho da pinguim quando forem assistir tenham noção de que é um spin-off, então o filme não vai seguir a mesma fórmula da franquia, aproveitem que o universo de Star Wars está se expandindo, aceitem coisas novas; é muito interessante ver algo que gostamos crescendo e sendo abordado de maneiras diferentes e, de certa forma, inovadoras. Podemos perceber que muitos elementos serão novos, que se preocuparam em trazer novidades para nós, fãs, e isso é incrível; Com um universo tão grande como é Star Wars há espaço para conhecermos mais dele e isso é o que tenho apreciado no spin-off. Espero que com esse post, vocês possam enxergar isso, pois temos muito o que aproveitar com Rogue One.

Então, chegamos ao fim, foi divertido conhecer um pouco mais sobre o universo SW, não foi? Quero saber tudo o que vocês acharam, estou muito empolgada, nem estreiado o filme foi e eu já amo a Jyn, vocês não? O que acharam mais interessante? Quais personagens vocês já adoram? Sabem de alguma informação que não sei, comenta aqui embaixo, tagarelem comigo!




Lembrem-se, somos rebeldes, não somos? Que a Força estejam com vocês. 
Até a próxima tagarelice, nos vemos em uma galáxia tão tão distante e bora derrotar o Império?

Acompanhe a Pinguim Tagarela nas redes sociais:


 FacebookInstagram Twitter

(Sempre tem uma dose de Star Wars por lá)

5 comentários:

  1. Uau, entendi agora porque demorou tanto pra ficar pronto esse post, coisa linda não? Completinho, tem de tudo super detalhado, deveria ser taxado com um dos melhores compilados das interneta! kkkkk Adorei, valeu a pena o longo tempo desprendido =D

    ResponderExcluir
  2. Vou guardar esse post com carinho nos meus favoritos!! Ficou ótimo e bem completo, tem tudo que alguém precisa pra se interessar pelo filme. Parabéns pelo post ^^ Tô muito ansiosa para ver Rogue One, espero que seja tão bom quanto Star Wars. Bjs!

    http://rumoahollywood.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. que post maravilhoso!!! <3
    estou muito ansiosa por esse filme aaaa vou assistir de hj pra amanhã, meia noite!
    e, num sei pq, mas sinto que vou gostar muuuuito da jyn erso!
    :***

    ResponderExcluir
  4. Pensa em uma pessoa travada no século passado que não tá lendo NADA sobre os novos filmes, muito menos vendo trailers? Essa sou eu. Esperando que todos as novidades sejam realmente novidades ao ponto de me deixar de boca aberta - como quando saí do cinema com cara de MDS É ENTRE O III E O IV!!!!
    Agora parei pra ler seu super guia do Rogue One e entender mais <3
    Adorei, pinguim!
    Boas festas!
    A Bela, não a Fera blog | A Bela, não a Fera Youtube | Converse comigo no Twitter!

    ResponderExcluir
  5. Eu sou apaixonada pelo universo Star Wars, ainda não assisti Rogue One, mas estou louca pra ver.
    Beijos
    http://o-hyeah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.